4 de junho de 2017

10 Tendencias Saudaveis a Adotar




Acredito que saúde e felicidade estão intrinsecamente relacionados e sem um dificilmente terão o outro. Acredito igualmente que manter um estilo de vida saudável e feliz depende muito daquilo que colocamos no nosso interior tanto físico como mental. Acredito ainda, que para atingir um bem físico há que encarar a alimentação como mero combustível e não um qualquer jogo de restrições e brindes para os dias chatos, stressantes ou depressivos.

Acredito finalmente, que a felicidade não será encontrada num monte de roupas novas ou numa caixa de chocolates, felicidade está antes relacionada com a forma como encaramos a vida, nos aceitamos a nós próprios e nos rodiamos por quem nos faz feliz e completo.

Tenho tentado viver mais simplesmente e minimalisticamente e me focado naquilo que realmente importa para mim:

1// Aceitar - para uma vida saudável há que haver uma aceitação daquilo que somos em termos físicos, não adianta desejarmos algo que será impossível de ser materializado ou sequer transponível fisicamente. Self love é algo que deve ser trabalhado todos os dias, pois nada será mais sexy e bonito do que uma mulher segura do seu corpo e do seu peso. E por isso, importa saber equilibrar e  comer sem exageros e restrições.


2// Hidratar - quando comecei esta minha jornada em 2012 nunca imaginara o quão fundamental e efectivamente life changing era o consumo de água, pois não só ajuda na eliminação de toxinas como também a manter a pele hidratada.

3// Procurar - como aqui já o disse, estar informado é fundamental, mas para mim, vital é o saber filtrar aquilo que se lê evitando assim, extremismos e ideais que não se coadunam com o nosso estilo de vida. Não se deixem levar por tendências, leiam façam a vossa pesquisa e adequem ao vosso estilo de vida.

4// Desligar - as redes socias são um fantástico meio de inspiração e informação no entanto, todos nós sabemos que muita dessa informação é filtrada e manipulada e por isso saber desligar e muitas vezes clicar no botão unfollow fundamental para a nossa sanidade mental! 

5// Mexer - quando falo em mexer não significa necessariamente ir para o ginásio por uma hora cheirar o suor dos vossos comparsas. Para mim, mexer necessita de ser prazeroso e minimamente agradável, porque isto do no pain no gain a longo prazo simplesmente não funciona.

6// Reduzir - reduzir o lixo visual e físico. Para mim nada será mais libertador do que uma boa reflexão daquilo que realmente é necessário manter no vosso espaço. As minhas tendências minimalistas permitem que faça uma avaliação constante do que necessito e aprecie o que habita a minha casa. É efectivamente libertador e life changing quando reduzimos aquilo que nos rodeia.

7// Reutilizar - tenho tentado reduzir o meu impacto ambiental não só controlando e reduzindo as minhas compras, utilizando as minhas pernas e transportes públicos para me deslocar, como também controlando o lixo e o uso de sacos de plástico. Reciclar e reutilizar é algo intrínseco e fundamental no meu dia à dia e algo que faço com o maior dos agrados sem pensar duas vezes. 

8// Embalar - como aqui vos tinha falado, para mim cozinhar e embalar a minha comida não só é uma forma de poupar uns trocos, como de reduzir o desperdício alimentar e assim, ingerir algo que sei a origem e como foi executado. Não quero com isto dizer que de vez  em quando devido à falta de tempo e até mesmo vontade não compre algo embalado, mas tem se tornado muito raro.

9// Ser egoísta - saber dizer que não mais vezes e passar mais tempo a fazer aquilo que gostamos e nos deixa feliz. 

10// Viajar - nada me deixa mais inspirada e feliz do que uma viagem, sei no entanto, que para muita gente viajar é algo mais complicado em termos monetários, mas nem sempre tem de implicar sair do país. Explorar melhor o sítio onde vivemos e arredores ajuda a que desliguemos do stress do dia à dia e a nos sentirmos mais inspirados.


Se tiverem alguma sugestão deixem nos comentários. Obrigada por lerem e até à próxima!

 


*imagem via Pinterest


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela visita e comentário...