3 de outubro de 2014

Aquilo que nos separa...


...tenho andado a pensar nisto de ser social e o quanto eu diria que não o sou....sou, mas até um certo e muito curto ponto!! Sou difícil embora demonstre o contrário. Tenho a grande facilidade de conseguir arrancar dos outros seja o que for (mesmo que não queira), devido ao meu tão afável rosto...dizem que tenho cara de boa pessoa, mas nisto de ser boa pessoa tem que se lhe diga, mas devo admitir que por vezes ter e ser efectivamente boa pessoa tem os seus inconvenientes...
Dou por mim aqui a pensar que por mais afável e boa pessoa que seja é para mim muito difícil gostar e me identificar com alguém, comentários como minha querida ou linda não constam do meu dicionário, pois detesto toda a superficialidade que tais palavras reunidas me transmitem, aliás, tecer elogios não é lá muito o meu forte.
Respeito toda e qualquer loucura que encontro sem julgamentos, pois para mim, não há nada melhor que uma boa dose de diversidade e loucuras neste mundo, e é aqui que por vezes todo o meu aspecto prega-me partidas...o meu ar cool como já muitas vezes o disseram, e a minha cara de quem aceita sem julgar, por vezes atrai quem eu realmente não quero e como suposta boa pessoa que sou, depois torna-se difícil de dar para trás!!
Como explicar a alguém que, sim fomos ao café, sim falamos um bocado, mas, e como diria a minha orientadora de estágio, não demos o clique!!...
Estou aqui num dilema, não sei se já perceberam, pois toda esta necessidade que as pessoas têm em se relacionar ou encontrar um novo grupo de amigos faz com que lhes escape o óbvio...procuram em mim a tal não inquisidora consciência que os deixa desabafar sem olhares tortos, mas a verdade é que estou à procura de novos grupos...e neste momento pouca pachorra tenho eu para dilemas, problemáticas amorosas, dietéticas ou simplesmente quem ache que me conhece e decide tomar decisões sem me consultar na esperança que eu, a tão boa pessoa, as aceite.
Como fazer com que os outros entendam que a coisa não irá funcionar sem eu ter de perder a cabeça ou me chatear??
Aceito sugestões...e já agora Bom fim de semana.


2 comentários:

  1. Não tens outra solução que a de olhar bem nos olhos dessa pessoa e dizer-lhe que não vai dar. Não sentes compatibilidade. Em amor ou em amizade. o melhor é sempre ser directa. A pessoa pode ficar um pouco magoada, mas é a vida ;)
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e comentário...