18 de janeiro de 2014

Hoje lembrei-me...


...em conversa com uma colega, do quão psicológico pode ser esta coisa do perder peso, exercício físico e alimentação saudável...esta minha colega há muito sofre de excesso de peso e por muitas dicas e motivação que lhe tenha dado, tudo se resume a uma questão mental, há que querer muito...lembro-me que andei a arrastar os meus seis quilos a mais durante muito tempo.
Habituada a pesar 60kg quando vi a balança passar para lá dos 65kg entrei em pânico, e nessa altura mentalizei-me que tinha de alterar alguns dos meus hábitos, sobretudo alimentares, pois eu gulosa que sou, era capaz de comer um chocolate todos os dias.
Passei a ter mais cuidado com aquilo que comia e sobretudo com as proporções que me iam bater ao prato...
Quanto a mim, de pouco adianta consultar um nutricionista ou frequentar um ginásio se a nossa cabeça não está preparada ou motivava o suficiente para mudar, considero que se acreditarmos muito e formos metódicas, com tempo e paciência tudo vai ao lugar. Não quero com isto dizer que não devem procurar ajuda ou informação, não, mas tendo em conta esta minha colega, que há muito luta contra este dilema, será já a quarta vez que recorre e gasta dinheiro para ao fim de um mês desistir.
 Talvez por ser teimosa, não sou pessoa de desistir, e quando enfio algo na cabeça, vou até ao fim, e comigo, a partir do momento em que senti que não estava nada satisfeita com o peso, fui aos poucos mudando e depois de uma certa altura, muitos dos meus possíveis deslizes deixaram de fazer sentido. Claro que de vez em quando caiu em tentação, mas também ninguém é perfeito....
Uma vez formatada a cabeça, só precisam de estabelecer objectivos e metas, e aos poucos, quase sem se aperceberem o vosso corpo e cabeça mudam.
Tenham um bom fim-de-semana.

...




Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela visita e comentário...