21 de janeiro de 2014

Faz-me confusão...


...a questão da idade. Passamos anos a querer parecer que somos crescidos e quando finalmente o somos, tudo se transforma numa grande dor de cabeça. Esta coisa da procura de trabalho tem sido para mim, uma espécie de corrida contra o tempo, é quase um remar contra a maré...por vezes, e tendo em conta toda a minha saga, que parece estar longe de terminar, pouco nos vale a experiência, pois é na data de nascimento que muitas vezes está o factor de desempate. Sinto, por isso, alguma confusão sobre qual o nicho etário, na procura de mão de obra especializada, no qual me encaixo e se é que me encaixo em algum...


Ainda no outro dia lia este artigo sobre quando, ou melhor qual a idade mais adequada para iniciar a nossa saga contra as rugas e do quão difícil que é responder a esta questão, e do quanto esta questão pode até ser relativa... talvez porque os trintas andem bem perto, ando para aqui em torno deste assunto, e não porque o meu receio em envelhecer seja algo que me preocupe demasiado, a verdade é que sou e sempre fui muito expressiva e quem me conhece sabe que sem caretas e umas quantas loucuras não há conversa com a minha pessoa, de modos que por muito creme que ande por aí existem linhas que já crescem connosco. O meu maior receio é chegar aos trintas sem fazer pelo menos meia dúzia de coisas que tanto quero...
Para vos ser bem sincera, sinto-me bem melhor agora com  vinte e oito do que alguma vez me senti com vinte e cinco, isto porque o emprego que antes exercia consumiu-me de tal forma que me havia transformado numa velha...hoje, apesar de ainda à procura daquele emprego que me deixará realizada, sinto-me tão bem, mas tão bem comigo mesma, que os vinte e oito no raio do cartão de cidadão são um simples facto!!!
Um simples facto que infelizmente não passa despercebido aos empregadores e que muitas noites não me deixa descansar. Para minha salvação, a mana que tadinha ainda só tem onze e como gosta de cair nas minhas graças, diz que mais pareço ter vinte e um...!!!

Fiquem bem



...




5 comentários:

  1. Eu acho que tu não tens nada que te preocupar! Ainda tens (temos) muito tempo :)

    ResponderEliminar
  2. Isso é tão verdade!!! E ainda vais achando cada vez mais verdade à medida que vais envelhecendo... :D

    ResponderEliminar
  3. a mim ninguém me dá 24! também me sinto melhor agora do que com 18/20 :)

    ResponderEliminar
  4. Tenho uma amiga na mesma situação que tu mas é o que lhe digo os 30 nao sao assim tão assustadores é preciso aproveitar o máximo enquanto ainda estivermos dentro dos 20
    With Love ♥ Jenni

    ResponderEliminar
  5. Coragem, a idade é só um número na nossa cabeça e aquilo que tu sabes, que tu vales, não se mede pela tua idade. E ainda bem que as rugas são de rir e de fazer caretas, quem nos dera a todos que todas as nossas rugas fossem dessas :)

    estenaoeumbloguedemoda.wordpress.com

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e comentário...