31 de janeiro de 2014

Até já...


Nem imaginam as vezes que reescrevi este post, pois achei sempre que estava demasiado dramático. Talvez seja toda a minha insegurança e receio do desconhecido a tomar controlo das minhas mãos e fazer-me escrever demasiadas palavras chatas...
Já outras vezes o disse e continuo a dizê-lo, mesmo que já ninguém me consiga aturar, este foi, e tem sido um ano extremamente difícil, um ano de grandes mudanças e de uma profunda luta interior...um ano de procura, de crescimento e sobretudo um ano no qual aprendi a deixar e deitar para fora tudo o que não é essencial...


Escrevo até já, porque hoje mudo de ares, uns ares bem mais frios do que os que estou habituada e deixo para trás uma ilha que apesar de bonita e quente nada me ofereceu em termos profissionais...hoje estarei bem longe de tudo aquilo que conheço, nasceu e cresceu comigo, hoje choro de uma profunda tristeza, pois deixei para trás alguns dos meus seres mais queridos, mas pelo menos é com alguma esperança que o faço...considero-me uma optimista e quem sabe também por vezes, uma iludida, tento sempre pensar e ver o lado bom da coisa, claro que também tenho os meus momentos e estaria a mentir se não vos dissesse que algumas, não muitas, foram as vezes em que fiquei na cama sem um pingo de motivação e inspiração, mas tal como diz o ditado, a esperança é a última a morrer, e é assim que deve ser.

Toda a minha saga por um emprego, por algo que me deixe realizada e feliz no final do dia, transformou-me numa pessoa muito diferente, diria que bem mais confiante e segura daquilo que sou capaz e quero na minha vida...esta saga transformou-me também numa espécie de minimalista e deveras intolerante a certas baboseiradas...pondero muito bem tudo o que me chega ao cesto, coisa que sempre fiz, mas agora ainda mais...por vezes caímos numa rotina, tornamo-nos quase que robóticos perante certos disparates e coisas que pouco ou nada nos são úteis. Aprendi que nada na vida está garantido e por agora, vivo apenas o momento ao lado daqueles que realmente valem a pena.

Este não é de todo um post de despedida, mas sim um grande welcome a uma nova fase da minha  vida, com novos desafios, pessoas e lugares. Para quem passa por todo este sufoco, o mais importante é não baixar os braços e lutar por aquilo em que acreditamos, pelo menos é isso que tentarei fazer.
Este post serve para esclarecer uma possível ausência mais prolongada, darei noticias com certeza, mas por agora desejo-vos um óptimo dia e mais uma vez obrigada por aqui passarem...

Wish me luck!!!

Fiquem bem

... 

8 comentários:

  1. Cá te espero para as notícias! :)

    ResponderEliminar
  2. Toda a sorte do mundo! Espero acompanhar tudo sobre esta nova fase. Muitas coisas boas estão à tua espera. ;)

    The gLiTtEr Side

    ResponderEliminar
  3. Desejo-te, do fundo do coração, toda a sorte do mundo! Espero que para lá das saudades e do aperto da distância, ganhes muito, muito, muito. Muita experiência, muito conhecimento, muitas coisas boas para contares por aqui. You go girl :)

    estenaoeumbloguedemoda.wordpress.com

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita e comentário...