23 de setembro de 2013

My new buddy...


Sabem o raio da frase da Meo ou será da Zon (aquilo para mim é tudo a mesma porcaria)!?...Ah!! É da Zon, hoje encaixa-se na perfeição quando penso neste meu novo companheiro, portanto, se poderia viver sem o meu Lumia, poder até podia, mas não era a mesma coisa!! Confusas, pois eu imagino que sim, porque esta introdução é de cortar os pulsos. Bem, deixem-me explicar, mesmo que não queiram...há uns meses atrás morri de amores pelo Lumia 720 e como aqui já o expliquei, inicialmente o alvo amoroso foi o 920, mas por 600euros aquele fofinho não tem como vir para casa.
Sabem eu até nem ligo a estes hi-techs mas em Junho depois de muito namorar e ponderar, e porque iria mesmo necessitar de um GPS, lá decidi que estava na hora de reformar o meu telemóvel dos tempos universitários e foi o que fiz...
Esta coisa do smartphone dá mesmo um jeitão e andar constantemente conectado à internet  ainda mais, pois carregar portátil e implantar-me num centro comercial para ver o email é de loucos e dá um massadão...e eu que sempre achei um exagero toda esta hype em torno destes bichinhos, hoje compreendo e calo a minha boca.

Acreditem que sou do mais ponderado que por aqui existe e quando surgiu toda esta onda de telemóveis e iPhones pouco liguei, deixei a coisa se desenvolver e foi apenas este ano que encontrei o meu lindinho, e apesar de não ser fantástico nas aplicações - uma vez que em termos de diversidade é bem mais limitado que um Android - é bastante fluido e rápido sobretudo ao navegar pela internet e para quem, como eu, é novo nesta coisa do smartphone o sistema Windows, quanto a mim, é mais user friendly que o Android, mas como tudo na vida, é necessário sempre um processo de aprendizagem e habituação...Por agora estou satisfeita com a óptima qualidade de construção e design, bem como, com todas as vantagens que este lindinho permite no meu dia-à-dia!!

Tenham uma boa semana
...




3 comentários:

  1. Confesso que sou um pouco desligada dessas coisas. Posso muito bem andar desligada de meio mundo, com a outra metade à minha procura, quer por email, sms, facebook e afins, não estou nem aí. Mesmo que andem loucos à minha procura por motivos de trabalho, eu não quero saber. Gosto de não me sentir presa a um aparelhozinho que acaba sempre por criar dependência. Não vou dizer que nos tempos dos nossos avós é que era bom, mas hoje em dia é um exagero esta coisa de estar sempre conectado e ligado a alguma coisa, estar sempre contactável, ter de estar sempre em cima dos emails, e mensagens supostamente importantes. Já fui assim, isso já, mas cansei. Eu tenho um telemóvel que deve à vontade ter uns 7 ou 8 anos, não tem GPS, não está ligado à net, respondo às chamadas quando o ouço tocar no fundo da mala, ou não, e respondo aos sms sempre com uma semana de atraso, e vivo tão bem assim :). Cheira-me que és uma geek..., sexy é certo, mas uma geek ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opa, gosto tanto dos teus comentários...adorei o cheira-me que és uma geek, até dei umas gargalhadas!! Até nem acho que seja, pois facebook e afins é algo que não possuo, a mim preocupa-me sim o email, pois com tanta candidatura feita e a minha loja online gosto de ser rápida a responder.

      Eliminar

Obrigada pela visita e comentário...