26 de agosto de 2013

Eures...

in Etsy

No outro dia estava meio que hipnotizada pela televisão, bem sei que disse não ter pachorra para ela, mas precisava de algo parvo e sem complexidades, e foi quando me deparei com as famosas e já mais do que repetidas Donas de Casa Desesperadas....para vos ser sincera não gosto mesmo nada daquilo, mas neste episódio em especifico a Gaby precisava de arranjar trabalho, estão a ver o porquê de eu continuar ali feita parva, a curiosidade em saber como a senhora se iria desenrascar foi enorme....e eu a procurar algo que me transportasse para outra galáxia acabei por voltar à realidade, deve ser o destino!! Claro que nas "boas" séries tudo é muito simples e fácil e em poucos minutos toda a gente arranja algo sem grandes dilemas, e até mesmo esta senhora lá se despachou. Ainda assim, durante o seu CURTO processo de busca, a sua reunião com uma espécie de assistente/"doutora" do centro de emprego, fez-me lembrar o dia em que fui iludida, tadinha de mim, conversar com a representante/conselheira do programa Eures...achei eu que teria ali uma luz, um caminho, uma solução, sei lá, qualquer coisa, eu queria qualquer coisa, mas não, olhou transversalmente para o chamado curriculum vitae e tal como a Gaby, depois de falar com a dita senhora, muito simpática por sinal, senti-me unemployable.
 
Eu sou teimosa e depois de uns quantos palavrões atirados à senhora, claro que nas suas costas, teria inevitavelmente de concordar...para vos ser sincera, muito praguejei e desejei uma mudança...detestava com quantos cabelos tenho na cabeça e sonhei nunca mais voltar a exercer a profissão para qual me encaminhei por praticabilidade, achei sim, que com o tempo a coisa melhorava e sei lá, eventualmente até iria gostar daquilo, mas não, comigo não funcionou...sei que isto poderá parecer muito estranho, mas quando vocês desejam que o dia passe depressa e que a semana passe ainda mais rapidamente, algo está realmente mal...mas é quando tento mudar que surge a falta de oportunidade e o não como resposta.

Escrevo hoje novamente, com um monte de incertezas que achei num ano as conseguir colmatar, escrevo porque a falta de consideração e respeito perante os outros é maior do que aquela que eu imaginara e porque sinceramente sinto que ninguém é capaz de realmente compreender e ser honesto...escrevo com uma frustração horrível que me frisa ainda mais os cabelos e me deixa arrepiada...

Mais uma vez e inevitavelmente, decisões têm de ser tomadas e sabem o olx, ao contrário daquilo que imaginara, tem sido um fiel companheiro, graças a ele consegui, com MUITO custo, vender objectos que por agora deixaram de fazer sentido na minha vida...para cada um deles lágrimas foram derramadas não vou negar, mas afinal são apenas coisas...e hoje, não consigo choramingar mais, esperar mais e imaginar mais.

Posto toda esta parvoíce que ninguém quer saber, apenas acrescento que apesar de pouco presente no meu canto e nos vossos, ando e andarei eventualmente por aqui, sempre na esperança de poder gritar para toda a gente ouvir e escrever com letras bem grandes e gordas, EU CONSEGUI e assim, tudo terá valido a pena!!!
Fiquem bem.


...


4 comentários:

  1. O importante é levantar a cabeça e ir à luta. Se custa, se dá vontade de baixar os braços? Claro. Mas desde que tenhas definido n tua cabeça aquilo que queres fazer, aquilo que te faz feliz, vai haver sempre forças para lutar por isso.

    Acompanho os teus desabafos e revejo-me muito neles, porque há uns tempos atrás também estava assim. Agora, embora empregada, estou numa situação precária que me aflige e me tira horas de sono. Por isso, consigo sentir o teu desânimo.

    Um beijinho e muita força!

    estenaoeumbloguedemoda.wordpress.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, é sempre bom ter quem nos compreenda e de certa forma nos motiva...obrigada uma vez mais pelo teu comentário...tem um bom dia.

      Eliminar
  2. Primeiro que tudo, agradeço-te do fundo do coração o teu comentário. Compreender perfeitamente o que dizes em relação ao teu companheiro. Nem quero pensar nisso e agora quero somente aproveitar o meu tempo com a Roma.
    Em relação a este tema...compreendo melhor do que ninguém, porque já passei por essa situação, até a mesma de vender as minhas coisas para conseguir algum dinheiro. Tens de ter pensamento positivo, um dia tudo melhora, acredita!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço-te igualmente por aqui passares e comentares...tento sim encher-me de pensamentos e acreditar que vem aí uma boa mudança...tem um bom dia

      Eliminar

Obrigada pela visita e comentário...