2 de fevereiro de 2013

Aí o raio da saia...


in revista Lux Woman, edição de Fevereiro de 2013
Há coisas que nos fazem viajar no tempo e a imagem que aqui vêem é uma replica quase que exacta da tão amada saia que a minha tão querida mãe, lá bem nos 90's achou de me fazer. Acreditem que nesta altura não existia montra e look de revista que não fosse alvo do olhar atento e sempre muito moderno da minha mãe, pois esta aproveitava qualquer trapinho para nos brindar com o último grito da moda!! Nesta altura testei e usei toda uma série de peças que só mesmo uma criança pode ser capaz de usar, tamanho era o seu fashion sense, digo-vos, não havia vestido, calça, saia e camisa, que não fosse minuciosamente copiado por ela! A abertura da Zara e de muitas outras lojas como ela, marcou o fim desta produção quase em massa de modelitos pouco aconselháveis para a minha idade e tamanho, e sim, dei muitas graças caso contrário iria para o terceiro ciclo ainda de vestido com bordado suíço, and not in a good way!!! 

Talvez o problema nem fosse o raio da saia, talvez fosse toda uma série de acessórios que ela me espetava, devo acrescentar que isto de ser a única menina, tem por vezes contornos um tanto difíceis...lembro-me que a minha saia tinha exactamente as mesmas fivelas. Fivelas essas que nos fizeram percorrer o minúsculo Funchal até as encontrar, o xadrez apesar de mais esverdeado não foge muito ao que aí vêm, lembro-me muito bem do quanto a dita cuja picava-me as pernas, apesar do forro e da meia opaca...e do quanto a minha mãe se orgulhava do quão exacta e parecida ficou da original.

Ainda assim, apesar de um misto de sensações, não posso deixar de ter saudades do tempo em que apenas o raio da saia era motivo de dia estragado, saudades das muitas vezes que fui picada pelos seus alfinetes e dos muitos metros de bordado suíço que lhe ia comprar, mesmo contra a minha vontade. 
Actualmente já não anda de bloco de desenho pelas montras a copiar modelos, nem a recortar moldes, por agora, e de vez em quando lá nos dedicamos a reciclar umas coisitas escondidas no fundo do armário, a inventar e a espetar alfinetes em alguém bem mais novo e pequeno que eu, mas uma coisa vos digo, ninguém fazia e faz fatiotas tão bem como ela!!

E no meio de tudo isto, apesar do desconforto, lá acabei por gostar do raio da saia!!!

Aos que por aqui passarem, espero que tenham um óptimo fim-de-semana...








2 comentários:

  1. Um óptimo fim de semana para ti também :)
    Esse post trouxe-me nostalgia. Usei tantas saias nesse padrão quando mais pequena... Bem dizem que a moda é um ciclo!
    Beijinho
    http://talkingtosirens.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada...pois, é mesmo um ciclo!! Fica bem.

      Eliminar

Obrigada pela visita e comentário...